Flores artificiais: aprenda a usá-las

Flores permanentes

Flores artificiais: aprenda a usá-las

As flores artificiais durante muito tempo foram sinônimo de breguice. Só que o jogo virou, elas agora estão no topo da lista dos itens de decoração, deixaram para trás os estigmas do passado, tanto que  mudaram até de nome, hoje conhecidas como flores permanentes.

 

É, de fato elas evoluíram muito. As flores permanentes não deixam a desejar, sendo ótimas opções para quem deseja deixar os ambientes harmoniosos sem precisar de todos aqueles cuidados de regagem e adubação. Na correria do dia dia as vezes fica difícil levar as plantinhas para o banho de sol, com as artificiais isso não será problema, afinal elas não murcham.


Na hora de compor seus arranjos você não precisa ficar limitada apenas às réplicas de flores mais comuns. Atualmente, o mercado de flores artificiais conta com uma vasta gama de opções em cores e espécies, tanto em arranjos prontos quanto em ramos, para que você use sua própria criatividade! Vamos conhecer um pouco mais dessa verdadeira arte?

 

Tipos de Flores artificiais

A variedade das flores artificiais é grande, você vai encontrar facilmente em qualquer floricultura online  rosas, orquídeas, lírios, tulipas e por aí vai. É claro que não poderia faltar as folhagens, elas que são hoje as queridinhas dos paisagistas e decoradores, possuem exemplares permanentes cada vez mais perfeitos.

 

A maneira de compor os arranjos é sempre muito pessoal, mesmo assim existem algumas tendências. Entre as flores permanentes as orquídeas e as hortênsias ganham destaque, enquanto entre as folhagens o bambú e a costela de adão, disputam o podium.

 

Sempre vivas

As flores permanentes encontram em tal grau de perfeição que podem confundir até mesmo os olhos mais atentos. A maior parte dessas flores ultra realistas são confeccionadas a partir de uma mistura de silicone e seda, que resulta em peças com toque e textura quase idênticos aos naturais.

 

Entretanto, o risco de acabar se deparando com flores mais grosseiras existe, feitas de tecidos mais ordinários ou plásticos que não permitem alcançar resultados tão delicados. A nossa dica é prestar bastante atenção no caule e nas folhagens, as flores artificiais de maior qualidade trás realidade também nos galhos e troncos.

Naturais ou artificiais eis a questão

A discussão entre as flores naturais e artificiais vai longe. Eu acredito que cada uma delas é mais apropriada para determinados contextos. Claro que a energia e vivacidade que emana de uma flor natural jamais poderá ser reproduzida numa permanente, por outro lado, essa essência, mesmo com todo cuidado, dura poucas semanas, o que as tornam inviáveis para muita gente.

As flores permanentes aparecem como alternativa quando não existe a possibilidade de dar as plantinhas os cuidados necessários, devido a ambientes inapropriados ou por falta de tempo mesmo.

Na questão do custo as flores permanentes também levam vantagem. Embora custem até o dobro do preço de uma flor real, a durabilidade infinitamente maior as tornam melhores opções de investimento para decorar um cantinho da sua casa.

 

Arranjos permanentes

Devido a grande variedade das flores artificiais, encontrar a espécie certa para o seu arranjo será fácil. Comece então escolhendo um bom suporte, sempre ornando com a decoração do espaço onde você irá colocar. Inspire-se nas cores e tipos naturais, aqui estão algumas das nossas ideias.

Quer aprimorar mais seus conhecimentos? Em breve, no próximo dia 22 nossa querida Alessandra Amiuna vai ofertar um pouco de toda a sua experiência no Curso de Arte Floral com flores permanentes. O curso contará com certificado e, além do conhecimento, você também levará seu lindo arranjo com contigo. Venha florear com a gente.

 

Um grande e abraço e até a próxima!

 

 

 

 

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *